Bolsas

Câmbio

Mercados acionários chineses se aproximam da máxima de três meses

HONG KONG/XANGAI (Reuters) - Os principais índices da China ampliaram os ganhos nesta terça-feira (21) e fecharam perto da máxima em quase três meses, com as expectativas de grandes entradas de fundos de pensão nos mercados acionários melhorando o apetite por risco.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,34|% para 3.483 pontos, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,41% a 3.253, o maior fechamento desde 1 de dezembro.

O índice ChiNex de start-ups avançou 1,4%, para a máxima de 5 semanas.

"Os fundos de pensão serão a maior fonte de capital no futuro próximo e certamente escolherão as ações da indústria e, consequentemente, impulsionarão as blue chips", disse o analista da Kaiyuan Securities Tian Weidong.

Já o índice MSCI recuava e mantinha-se abaixo da máxima de 19 meses alcançada na quinta-feira passada. O índice acumula alta de mais de 11% desde 23 de dezembro, quando atingiu o ponto mais baixo após vendas generalizadas desencadeadas pela vitória de Donald Trump nas eleições dos Estados Unidos em novembro.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,04% às 7h50 (horário de Brasília).

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,68%, a 19.381 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,76%, a 23.963 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,41%, a 3.253 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,34%, a 3.483 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,89%, a 2.102 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 0,11%, a 9.763 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times desvalorizou-se 0,08%, a 3.094 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 recuou 0,07%, a 5.791 pontos.

(Por Saikat Chatterjee, Luoyan Liu e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos