Bolsas

Câmbio

Geadas poupam lavouras de cana e de café em SP e MG, diz Rural Clima

SÃO PAULO (Reuters) - As lavouras de cana-de-açúcar e de café arábica de São Paulo e Minas Gerais, os dois principais produtores nacionais dessas culturas, foram poupadas de geadas que atingiram nesta terça-feira principalmente Estados do Sul do país, afirmou o agrometeorologista da Rural Clima, Marco Antonio dos Santos.

De acordo com ele, a massa de ar polar já provocou geadas na faixa oeste do país que vai do Rio Grande do Sul até o sul de Mato Grosso do Sul.

"(As geadas) só não chegaram a São Paulo porque estamos com uma linha de instabilidade, um sistema de chuvas que impede (esse avanço). Também não chegou nem perto de Minas Gerais", afirmou ele à Reuters.

Os dois Estados não devem registrar geadas também nos próximos dias, segundo ele.

De acordo com Santos, até agora a cultura mais prejudicada pelo fenômeno foi o trigo, no oeste do Paraná.

"Essa região não deve perder 100 por cento, mas deve perder alguma coisa", disse, acrescentando que uma avaliação mais precisa só poderá ser feita em uma semana.

Com relação ao Rio Grande do Sul, Santos destacou que as geadas também pegaram áreas de trigo, mas em estágio inicial de desenvolvimento e, portanto, mais tolerantes ao frio.

Outra cultura afetada pela geada, segundo o agrometeorologista, foi a cana-de-açúcar em Mato Grosso do Sul, "de Dourados para baixo", mas, mesmo assim, não em larga escala.

"O impacto deve ser pequeno."

Santos afirmou que as temperaturas deverão voltar a subir a partir de quinta-feira.

(Por José Roberto Gomes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos