Bolsas

Câmbio

Distribuidoras de energia reduzem contratos para entre julho e dezembro, diz CCEE

SÃO PAULO (Reuters) - Distribuidoras de eletricidade obtiveram cerca de 3,15 gigawatts médios em reduções de contratos de suprimento junto a geradores para o período entre julho e dezembro de 2017, disse nesta segunda-feira a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

As reduções, que vêm em um momento em que diversas distribuidoras reclamam de excesso de energia contratada devido à crise econômica, que derrubou o consumo em 2015 e 2016, foram viabilizadas em um mecanismo gerenciado pela CCEE, o chamado Mecanismo de Compensação de Sobras e Déficits (MCSD).

De acordo com resultados divulgados pela CCEE, as distribuidoras haviam declarado sobras totais de 3,3 gigawatts médios em eletricidade para o período de julho a dezembro.

Entre os geradores que reduziram contratos com as distribuidoras destaca-se a Norte Energia, que reúne os acionistas da hidrelétrica de Belo Monte, que somaram quase 1,1 gigawatt médio em redução temporária de contratos.

A Reuters publicou em 14 de julho que a Norte Energia havia reduzido contratos por meio do mecanismo da CCEE para revender a energia a preços melhores no mercado livre de eletricidade, onde grandes consumidores negociam contratos de suprimento diretamente com geradores e comercializadoras.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos