Bolsas

Câmbio

PF desarticula grupo suspeito de desviar R$1 milhão da Caixa Econômica Federal

(Reuters) - A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira operação para desarticular um grupo criminoso suspeito de desviar quase 1 milhão de reais da Caixa Econômica Federal em empréstimos fraudulentos, envolvendo a atuação de ex-prestadores de serviço do banco.

Como parte da chamada operação Inimigo Oculto, a PF cumpre 3 mandados de prisão temporária, 30 de condução coercitiva e buscas em 3 endereços residenciais em Brasília e no Estados do Pará e da Bahia, informou a polícia em comunicado.

O dinheiro teria sido desviado através da atuação de três ex-prestadoras de serviço da Caixa, alvos dos mandados de prisão, que possibilitaram a concessão fraudulenta de 46 empréstimos pessoais, em sua maioria para familiares e amigos, afirmou a PF.

Os suspeitos teriam viabilizado os empréstimos inserindo dados de maneira indevida no sistema da Caixa, como rendas fictícias, usando senhas de empregados do banco.

Com a concessão dos empréstimos, os investigados "efetuavam diversos saques e transferências, evitando que a Caixa, após identificar a fraude, bloqueasse os valores", acrescentou a PF.

A Justiça Federal determinou o bloqueio de cerca de 950 mil reais nas contas dos investigados, e a Polícia Federal afirmou que irá apurar se houve participação de funcionários da Caixa Econômica no esquema criminoso.

(Por Maria Clara Pestre, no Rio de Janeiro)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos