Bolsas

Câmbio

Produção industrial da China cresce em outubro no ritmo mais fraco em 4 meses

PEQUIM (Reuters) - A produção industrial da China cresceu no ritmo mais fraco em quatro meses em outubro e as empresas continuaram a cortar empregos apesar da ligeira aceleração nas encomendas domésticas e para exportação, mostrou nesta quarta-feira (1º) a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit.

O PMI chegou a 51,0 em outubro, leitura inalterada ante setembro e em linha com as expectativas dos economistas.

Mas o subíndice de produção caiu a 50,8 de 52,1, aproximando-se da marca de 50 que separa expansão de contração, enquanto a confiança no cenário para o próximo ano diminuiu para o segundo menor nível desde agosto de 2016.

O relatório do Caixin seguiu-se a uma pesquisa oficial divulgada na terça-feira que indicou desaceleração inesperada no setor industrial da China diante do enfraquecimento do setor imobiliário e das restrições à poluição.

A versão do Caixin, que tende a focar mais em empresas de pequeno a médio porte, mostrou uma expansão modesta na demanda doméstica e para exportação, enquanto que a leitura oficial mostrou enfraquecimento nos novos negócios.

A pesquisa privada também sugeriu mais pressão sobre as margens de lucro para empresas menores, que não se beneficiaram tanto do boom da construção quanto as estatais maiores.

(Reportagem de Lusha Zhang e Elias Glenn)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos