Bolsas

Câmbio

Mercado acionário da China sobe com empresas de consumo e saúde

XANGAI/SYDNEY (Reuters) - O mercado acionário da China terminou em alta nesta segunda-feira uma vez que os robustos ganhos das empresas de consumo e de saúde ajudaram o mercado a recuperar as perdas anteriores após restrições de Pequim terem pesado sobre os setores bancário e imobiliário.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,72 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,52 por cento.

AS empresas de consumo e saúde lideraram os ganhos com a Yonghui Superstores saltando 8,6 por cento para uma nova máxima, liderando o avanço de 2,9 por cento do setor de consumo.

O índice das empresas de saúde avançou 3,5 por cento e atingiu o nível mais alto desde seu lançamento em 2005, liderado pela Jiangsu Hengrui Medicine, que chegou a nova máxima.

"Os ganhos robustos nesses líderes setoriais refletem uma mudança na filosofia de investimento que dá mais atenção a fundamentos sólidos", disse Yan Kaiwen, analista da China Fortune Securities.

Mas o setor bancário ampliou as perdas, depois que o banco central chinês apresentou estratégia para impedir uma futura crise financeira, buscando reduzir a alavancagem corporativa e eliminar empresas "zumbis".

O setor imobiliário também caiu 1,7 por cento com as notícias de que Pequim apertou os controles para pagamentos dos compradores e criou um novo produto de empréstimo para promover o mercado de aluguéis.

Já o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha variação positiva de 0,01 por cento às 7h28 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,04 por cento, a 22.548 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,02 por cento, a 28.596 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,52 por cento, a 3.389 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,72 por cento, a 4.021 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,33 por cento, a 2.549 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,13 por cento, a 10.786 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,01 por cento, a 3.381 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,10 por cento, a 5.953 pontos.

(Reportagem de Luoyan Liu, John Ruwitch e Swati Pandey)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos