Pedidos semanais de auxílio-desemprego nos EUA sobem inesperadamente

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com pedidos de auxílio-desemprego subiu inesperadamente na semana passada, em parte por uma acumulação de pedidos de Porto Rico que continuou a ser processada, mas a tendência aponta para condições do mercado de trabalho que se apertam.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego aumentaram em 10 mil, para 249 mil em números ajustados sazonalmente na semana encerrada em 11 de novembro, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Essa foi a segunda semana consecutiva de alta.

Os pedidos de Porto Rico estão sendo contabilizados, na medida em que alguns dos danos de infraestrutura pelos furacões Irma e Maria estão sendo restaurados. Os dados da semana anterior não foram revisados.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que os pedidos caíssem para 235 mil na semana passada.

(Por Lucia Mutikani)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos