Bolsas

Câmbio

Índices acionários europeus recuam com fracos resultados corporativos e temor com juros mais altos nos EUA

(Reuters) - Os mercados acionários europeus fecharam em queda nesta quarta-feira, sem que uma leva de resultados corporativos conseguisse compensar a preocupação de que as taxas de juros norte-americanas possam subir mais rápido do que o esperado.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,72 por cento, a 1.487 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,71 por cento, a 380 pontos.

Os comentários do chair do Federal Reserve, banco central norte-americano, Jerome Powell, na terça-feira sobre a economia e inflação dos Estados Unidos fortaleceram as apostas de quatro aumentos de juros neste ano.

A fala de Powell fez as bolsas em Wall Street caírem na terça-feira e, nesta quarta-feira, as ações devolviam seus ganhos iniciais.

Resultados de empresas europeias nesta sessão não conseguiram melhorar os ânimos dos investidores. A ação da francesa Biomerieux recuou cerca de 10 por cento depois de publicar resultados anuais decepcionantes

No mesmo setor, a farmacêutica alemã Bayer perdeu 1,9 por cento após a empresa informar que precisava de mais tempo para concluir a aquisição da gigante de sementes dos EUA Monsanto.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,69 por cento, a 7.231 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,44 por cento, a 12.435 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,44 por cento, a 5.320 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,51 por cento, a 22.607 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,61 por cento, a 9.840 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 ficou estável, a 5.468 pontos.

(Por Julien Ponthus)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos