ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Tensões comerciais pressionam índice acionário europeu para mínimas de seis meses

Danilo Masoni e Kit Rees

02/03/2018 14h35

MILÃO/LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus atingiram mínimas de seis semanas nesta sexta-feira depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que o país vai adotar tarifas sobre o aço e o alumínio importados, provocando preocupações de uma guerra comercial global.

Tais preocupações provocaram vendas generalizadas na Europa, pesando particularmente no índice alemão DAX, que é orientado para a exportação e recuou 2,3%, para a mínima de seis meses.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 2,13%, a 1.437 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 2,09%, a 367 pontos, ultrapassando a mínima atingida no início de fevereiro durante uma brutal onda de vendas nas ações globais, também indo à mínima de seis meses.

Trump afirmou que tarifas de importação para aço e alumínio de 25% e 10%, respectivamente, serão anunciadas formalmente na próxima semana. Isso provocou preocupações de ações retaliatórias de importantes parceiros comerciais como China, Europa e o vizinho Canadá.

"Os mercados estão assustados mais com a agressividade da mensagem e seu potencial de desencadear uma guerra comercial do que apenas pelo alcance do impacto econômico das medidas", disse o gerente de fundos da JCI Capital, Alessandro Balsotti, observando como o aço e o alumínio representam apenas 2 por cento das importações dos EUA.

Todos os setores negociaram em território negativo, com o setor automotivo em queda de 2,3%, pressionado por uma perda de quase 6 por cento da montadora ítalo-americana Fiat Chrysler devido à preocupação de que o movimento tarifário dos EUA poderia aumentar seus custos com matérias-primas.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,47%, a 7.069 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,27%, a 11.913 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 2,39%, a 5.136 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 2,39%, a 21.912 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 2,13%, a 9.531 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,17%, a 5.367 pontos.

Mais Economia