Bolsas

Câmbio

Ex-presidente da BRF é solto pela Polícia Federal

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-presidente da BRF Foods Pedro de Andrade Faria foi solto na tarde desta sexta-feira por decisão da Justiça Federal do Paraná após ter sido preso temporariamente na segunda-feira em nova etapa da operação Carne Fraca.

A decisão foi tomada pelo juiz André Wasilewski Duszczak, que atendeu a parecer do Ministério Público Federal que defendeu a soltura imediata dele.

Durante as investigações, segundo documentos oficiais, Pedro Faria foi apontado como suspeito de ter atuado para impedir prosseguimento de denúncias de fraude em exames laboratoriais feitas por uma ex-funcionária do grupo em uma ação trabalhista.

Segundo as acusações, o ex-dirigente da BRF recomendou ao vice-presidente do grupo Hélio Rubens dos Santos que tomasse medidas drásticas para proteger a empresa de possível apuração dos fatos reportados por na ação judicial.

Também foram soltos nesta sexta-feira outros ex-funcionários da BRF presos na operação, como o próprio Hélio Rubens.

(Por Ricardo Brito)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos