Topo

CVM abre inquérito contra Banco Original

Divulgação
Imagem: Divulgação

Por Aluisio Alves

02/04/2018 19h17

SÃO PAULO (Reuters) - A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) anunciou nesta segunda-feira (2) que abriu um inquérito administrativo contra o Banco Original para investigar eventual crime de uso de informação privilegiada para operar no mercado financeiro antes da delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista.

Segundo o regulador do mercado de capitais, a medida é consequência de fatos novos envolvendo processos já abertos pela autarquia. Um deles apura operações com contratos de DI, o outro apura operações dom derivativos.

Além da abertura do inquérito, a CVM avisou o Ministério Público sobre indícios de crime.

A CVM já havia aberto investigações no ano passado contra os irmãos Batista e contra empresas da J&F, holding da qual são donos e que controla várias empresas, inclusive a JBS.

Mais Economia