ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Arábia Saudita e Rússia querem aumento de produção em 1,5 mi bpd, diz Equador

18/06/2018 18h13

VIENA (Reuters) - A Rússia e a Arábia Saudita deram prosseguimento a uma proposta para aumentar a produção de países membros e não integrantes da Opep em 1,5 milhão de barris por dia (bpd), disse o ministro do Petróleo do Equador nesta segunda-feira.

Carlos Perez disse em sua chegada em Viena para a reunião Organização dos Países Exportadores de Petróleo que essa era a única proposta que ele viu sendo apresentada, e que o aumento proposto seria na cota com que membros da organização concordariam.

O Iraque e o Irã, segundo e terceiro maiores produtores da Opep respectivamente, disseram que se oporiam a aumentos acentuados da produção, já que violariam os acordos anteriores para manter os cortes de produção até o final do ano.

Ambos os países teriam dificuldade em aumentar significativamente a produção, com o Irã enfrentando sanções norte-americanas renovadas que vão impactar sua indústria petroleira e o Iraque ainda com limites de produção.

Em contraste, a Arábia Saudita e seus aliados do Golfo têm capacidade para aumentar a oferta e disseram estar ansiosos para atender a pedidos de consumidores como os Estados Unidos e a China para desacelerar os preços do óleo e ajudar a atender a demanda global da commodity.

A Rússia também disse que limitar a oferta por tempo demais poderia encorajar muito o crescimento da produção dos EUA, que não faz parte do acordo de cortes.

(Por Ahmad Ghaddar)

Mais Economia