Bolsas

Câmbio

Ibovespa sobe mais de 2% puxado por forte alta de bancos

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice acionário da B3 avançou mais de 2 por cento nesta terça-feira, com o setor financeiro puxando o movimento de recuperação após as recentes perdas e descolando o mercado acionário local do exterior.

O Ibovespa fechou em alta de 2,26 por cento, a 71.394 pontos. O giro financeiro somou 13,06 bilhões de reais.

"Hoje é uma questão nacional mesmo, de ajuste técnico em função das fortes quedas das últimas semanas", disse o analista-chefe da Rico Investimentos, Roberto Indech, acrescentando que o mercado acionário local foi bastante pressionado pela greve dos caminhoneiros.

Ainda ajudando a manter o bom humor neste pregão, segundo Indech, estava a consolidação das apostas de que o Banco Central vai manter os juros na reunião de quarta-feira.

No caso do setor financeiro, destaque do pregão, profissionais de renda variável disseram que após as fortes quedas recentes os papéis apresentavam uma oportunidade de compra, movimento que ganhou respaldo ainda da possibilidade de votação do cadastro positivo na Câmara dos Deputados nesta terça-feira.

Com isso, a bolsa local se descolou do mercado externo, que seguia pressionado por receios de uma guerra comercial entre Estados Unidos e China. Em Wall Street, o S&P 500 fechou em baixa de 0,4 por cento.

DESTAQUES

- BRADESCO PN avançou 5,18 por cento e ITAÚ UNIBANCO PN subiu 4,51 por cento, sendo as maiores contribuições positivas, dado o peso dessas ações no índice. O movimento de alta dos papéis veio após uma sequência de fortes quedas recentes. As ações preferenciais do Bradesco caíram em nove dos 10 pregões anteriores, acumulando perdas de mais de 17 por cento no período, enquanto Itaú fechou no vermelho em oito dessas sessões, com queda acumulada de quase 16 por cento. BANCO DO BRASIL ON ganhou 7,01 por cento e SANTANDER UNIT subiu 5,36 por cento.

- PETROBRAS PN subiu 6,34 por cento e PETROBRAS ON avançou 3,72 por cento, na contramão dos preços do petróleo no mercado internacional, diante da expectativa com a possibilidade de a votação do projeto sobre cessão onerosa na Câmara dos Deputados ocorrer ainda nesta terça-feira.

- LOJAS AMERICANAS PN teve alta de 5,88 por cento e MAGAZINE LUIZA ON ganhou 4,99 por cento, em sessão positiva para o varejo diante da perspectiva de manutenção da taxa básica de juros esta semana.

- VALE ON caiu 1,85 por cento, exercendo a maior influência negativa do Ibovespa devido ao peso que tem no índice. A queda ocorreu na esteira das perdas nos contratos futuros do minério de ferro na China, diante dos receios de uma guerra comercial entre o país asiático e EUA.

(Por Flavia Bohone)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos