ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Bolsa sul-coreana de criptomoedas Bithumb perde US$ 32 mi em ataque hacker

20/06/2018 08h57

SEUL, 20 Jun (Reuters) - A bolsa sul-coreana de moedas digitais Bithumb afirmou nesta quarta-feira (20) que perdeu 35 bilhões de wons (US$ 31,5 milhões de dólares) em criptomoedas em um ataque hacker, no segundo incidente do tipo ocorrido em uma Bolsa da Coreia do Sul em apenas uma semana.

A Bithumb afirmou em nota que parou todas as operações depois de descobrir que "algumas criptomoedas avaliadas em cerca de 35 bilhões de wons foram roubadas entre o final de ontem e a manhã de hoje".

Leia também:

A Bolsa, a sexta mais movimentada de criptomoedas do mundo, segundo a Coinmarketcap.com, afirmou que guardou os ativos de "todos os clientes em carteiras seguras e frias", que operam em plataformas que não estão diretamente conectadas à internet.

A empresa, que opera mais de 37 moedas digitais, também afirmou que vai compensar inteiramente os clientes afetados pelo roubo.

"Uma vez que as moedas nestas carteiras frias não estão todas conectadas à internet, teria sido impossível para os hackers roubarem estas carteiras frias, a menos que invadissem fisicamente as instalações", disse In Ho, um especialista do Blockchain Research Institute, da Universidade da Coreia.

A Bithumb não comentou de imediato o assunto à Reuters, e o comunicado da empresa não deixa claro se as moedas roubadas estavam em carteiras conectadas à Internet.

Em Luxemburgo, o bitcoin, criptomoeda mais conhecida do mundo, exibia queda de 1,6%, cotada a US$ 6.630. A moeda acumula perda de cerca de 70% em relação ao recorde perto de US$ 20 mil atingido no final do ano passado.

Em 11 de junho, a Bolsa sul-coreana de moedas digitais Coinrail também anunciou que foi alvo de um ataque hacker. Mais cedo neste ano, mais de meio bilhão de dólares em dinheiro digital foi roubado da bolsa japonesa Coincheck.

Bitcoin é fraude? Entenda por que bancos querem distância

olhardigital

Mais Economia