ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Presidente da Turquia diz que inflação alta é resultado de medidas erradas do BC

13/09/2018 07h16

ANCARA (Reuters) - A inflação alta é resultado das medidas erradas adotadas pelo banco central da Turquia, afirmou nesta quinta-feira o presidente turco, Tayyip Erdogan, repetindo sua oposição à taxa de juros elevada horas antes do anúncio de política monetária da autoridade monetária.

Os investidores aguardam uma alta dos juros mas também estão preocupados de que a política monetária seja definida sob a influência política de Erdogan, autoproclamado inimigo dos juros altos que argumenta que a inflação é resultado das taxas elevadas.

"Se você diz que a inflação é a causa e que os juros são o resultado, você não sabe de nada", disse ele a uma confederação de operadores. A lira, que estava praticamente estável no início do pregão, passou a cair mais de 2,5 pro cento após a declaração de Erdogan.

Ele também criticou os juros cobrados pelos bancos privados. "Como o setor privado pode investir com juros tão altos?", perguntou ele, acrescentando que tais margens só são conseguidas por traficantes de drogas.

A expectativa é de que o banco central da Turquia eleva os juros nesta quinta-feira para sustentar a lira e conter a inflação, que atingiu o nível mais alto em quase 15 anos em agosto.

(Reportagem de Ece Toksabay e Tuvan Gumrukcu)

Mais Economia