PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Wall Street recua com preocupações sobre crescimento mais baixo

09/04/2019 12h03

Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - Os mercados acionários dos Estados Unidos recuavam nesta terça-feira, depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, ameaçou impor tarifas sobre produtos europeus, enquanto a perspectiva pessimista do FMI para o crescimento global ampliava as preocupações com uma desaceleração econômica devido às disputas comerciais.

Às 12:00 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,73 por cento, a 26.149 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,574977 por cento, a 2.879 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,36 por cento, a 7.926 pontos

As ações do setor industrial, sensíveis ao comércio, estavam entre as mais afetadas, caindo 1,15 por cento, seguidas pelas perdas em energia, matérias-primas e setor financeiro.

Os papéis da Boeing Co caíam 1,3 por cento. A 3M Co e a Caterpillar Inc perdiam mais de 1 por cento cada e pressionavam o Dow.

Os EUA ameaçaram impor tarifas sobre 11 bilhões de dólares em produtos da União Europeia como retaliação pelos subsídios dados à Airbus. Em resposta, uma autoridade da UE disse que a União Europeia iniciou preparativos para retaliar pelos subsídios à Boeing.

O FMI cortou nesta terça-feira sua estimativa para o crescimento econômico global em 2019 e alertou que a expansão pode desacelerar ainda mais devido às tensões sobre comércio e a uma saída potencialmente desordenada do Reino Unido da União Europeia.

PUBLICIDADE