IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

BNDES aprova financiamento de R$1,26 bi para complexo eólico da Engie na Bahia

Gerar energia renovável mediante a força dos ventos é uma importante estratégia para que o Brasil cumpra suas metas de desenvolvimento sustentável - Marilia Barros
Gerar energia renovável mediante a força dos ventos é uma importante estratégia para que o Brasil cumpra suas metas de desenvolvimento sustentável Imagem: Marilia Barros

23/10/2019 16h43

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) aprovou financiamento de 1,26 bilhão de reais para a implementação de um complexo eólico na Bahia pelo braço local da elétrica francesa Engie.

Os recursos irão para 18 parques que formam o projeto Umburanas, com potência instalada total de 360 megawatts, além do sistema de transmissão associado, disse o banco de fomento em comunicado nesta quarta-feira.

O investimento total da Engie Brasil Energia nos empreendimentos eólicos será de 1,6 bilhão de reais, acrescentou o BNDES, que financiará as usinas por meio de sua linha Finem, destinada à geração eólica.

O complexo Umburanas foi adquirido pela Engie junto à Renova Energia em meados de 2017.

Economia