PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Economia da China pode enfrentar maior pressão negativa em 2020, diz premiê

FLORENCE LO
Imagem: FLORENCE LO

19/12/2019 09h55

PEQUIM (Reuters) - A economia da China pode enfrentar uma pressão negativa ainda maior em 2020 do que neste ano, mas o governo adotará medidas para manter o crescimento dentro de uma faixa razoável, disse o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, segundo a televisão estatal nesta quinta-feira

O governo vai se esforçar para estabilizar o crescimento econômico enquanto promove reformas e impede riscos, disse Li.

"No próximo ano, o desenvolvimento econômico da China deve encontrar maior pressão negativa e enfrentar uma situação mais complexa", disse Li.

O governo está a caminho de alcançar suas principais metas econômicas este ano apesar das dificuldades, disse Li.

O crescimento econômico da China desacelerou a 6,0% no terceiro trimestre, mínima em quase 30 anos, mas a expansão no ano deve ficar dentro da meta do governo de 6% a 6,5%.

A China planeja determinar uma meta de crescimento econômica mais baixa em 2020, de cerca de 6%, contando com o aumento dos gastos estatais em infraestrutura para conter uma desaceleração mais intensa, disseram fontes.