PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Poupança tem saque recorde de R$ 12,356 bi em janeiro, diz Banco Central

Getty Images
Imagem: Getty Images

Gabriel Ponte

Brasília

06/02/2020 15h27

BRASÍLIA (Reuters) - A caderneta de poupança sofreu um resgate líquido de R$ 12,356 bilhões em janeiro, informou o Banco Central nesta quinta-feira, na maior retirada mensal de recursos da aplicação registrada na série, que tem início em 1995.

Até então, a maior retirada líquida havia acontecido em janeiro de 2016 (R$ 12,031 bilhões). Em janeiro do ano passado, houve um saque líquido de R$ 11,232 bilhões.

No Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), os saques superaram os depósitos em R$ 9,835 bilhões no mês passado, enquanto na poupança rural houve saída líquida de R$ 2,521 bilhões.

No acumulado de 2019, a poupança encerrou o período com depósitos líquidos de R$ 13,327 bilhões, no pior resultado para a caderneta em três anos.

Rendimento

Com o juro básico na mínima histórica, a remuneração da poupança tem recuado cada vez mais. É que, por lei, toda vez que a Selic for igual ou inferior a 8,5%, a remuneração da aplicação passa a ser de 70% da Selic acrescida da Taxa Referencial (TR), que atualmente está em zero.

Na quarta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom), do BC, reduziu a Selic em 0,25 ponto percentual, para 4,25%, menor patamar da história. Com isso, o rendimento da poupança ficará abaixo de 3%, inferior à inflação projetada para o ano (3,4%, segundo o relatório Focus).

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.

Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

PUBLICIDADE