PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Ibovespa recua com mercado ainda volátil com surto de coronavírus

18/02/2020 11h48

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O tom negativo prevalecia na bolsa paulista nesta terça-feira, acompanhando os viés de mercados no exterior, conforme a epidemia de coronavírus na China dita volatilidade aos negócios, devido às incertezas sobre o impacto econômico global da doença.

A temporada de balanços brasileira também ocupava a atenção, incluindo os números de empresas como Multiplan .

Às 11:42, o Ibovespa caía 0,76%, a 114.436,89 pontos. O volume financeiro era de 4 bilhões de reais.

"Ainda há uma incerteza sobre qual o impacto econômico que haverá globalmente com o surto de coronavírus, como também quanto tempo o governo chinês ainda vai demorar a controlar toda a epidemia. Avanços existem, porém todos ainda estão bem cautelosos sobre o assunto", citou o BTG Pactual.

Em nota da área de gestão do banco, o BTG observou que os investidores ainda estão bem assustados, com um sentimento de preocupação, acrescentando que, nos atuais patamares das bolsas globais, há necessidade de crescimento econômico.

Nesse contexto, trouxe apreensão alerta da Apple na véspera de que não vai cumprir sua estimativa de receita deste primeiro trimestre por causa da epidemia de coronavírus que afeta produção e demanda na China.[nL1N2AH0S0]

Em Wall Street, o S&P 500 recuava 0,31%.

DESTAQUES

- TOTVS ON caía 6,5%, após alta de 7,75% na véspera, tendo também no radar corte de recomendação nos papéis pelo JPMorgan para 'neutra', embora o preço-alvo tenha sido elevado para 89 reais ante 75 reais.

- VALE ON perdia 1,25%, seguindo o viés mais negativo no exterior. No setor de mineração e siderurgia, GERDAU PN , que divulga balanço antes da abertura do pregão na quarta-feira, cedia 1,74%

- PETROBRAS PN recuava 0,81%, na esteira do declínio dos preços do petróleo no mercado externo.

- BANCO DO BRASIL ON tinha elevação de 1,1%, em sessão mista entre os bancos do Ibovespa, com ITAÚ UNIBANCO PN estável e BRADESCO PN caindo 0,37%.

- MARFRIG ON avançava 5,5%, na quarta alta seguida, com agentes financeiros na expectativa de resultados fortes no quarto trimestre, previstos para serem divulgados na quarta-feira, após o fechamento do mercado.

- MULTIPLAN ON subia 1,3%, após superar previsões de lucro e Ebitda no quarto trimestre, refletindo um mix de aumento de receitas, controle de custos e redução de espaço vago em seus shopping centers. [nL1N2AH0RR]

- ELETROBRAS ON ganhava 0,75%, após comentários do secretário de desestatização, Salim Mattar, de que o modelo de negócios da privatização da elétrica será concluído nos próximos dias, permitindo sua capitalização em 2020.[nE6N2A001K]

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em <.PL.BVSP>

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em <.PG.BVSP>

(Edição de Aluísio Alves)

PUBLICIDADE