PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

Auditores pedem que Receita adie prazo para declaração do IR até maio por coronavírus

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Marcela Ayres

Em Brasília

20/03/2020 14h06

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais, Sindifisco Nacional, encaminhou à Receita Federal pedido para que o governo adie o prazo final para declaração do Imposto de Renda até o fim de maio, ante o fim de abril, e para que as restituições do imposto sejam todas efetuadas até agosto, contra setembro.

As medidas fazem parte de pacote visto pela entidade como necessário para enfrentamento aos efeitos do coronavírus, que contempla também pedido para suspensão de prazos fiscais até o final de abril.

"O Sindifisco entende que as dificuldades causadas no sistema de saúde do país pelo previsto alastramento do Covid-19, impactam o cumprimento da obrigação tributária por todos os contribuintes em menor ou maior grau", afirmou o sindicato, em nota.

O Sindifisco defendeu que o dilatamento no prazo de entrega da declaração do IR não comprometerá as contas do governo, já que não haverá mudança no valor dos tributos a serem pagos ou restituídos.

Na manhã de segunda-feira, o Ministério da Economia chegou a anunciar uma coletiva de imprensa com o secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, e com o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa. No entanto, o compromisso acabou cancelado, com a perspectiva de ser remarcado para mais tarde.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.

Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Economia