PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Ibovespa à vista avança quase 9% com melhora no apetite a risco, mas Covid-19 mantém volatilidade

24/03/2020 10h31

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista ensaiava uma recuperação nos primeiros negócios desta terça-feira, acompanhando a melhora global de ativos de risco, conforme os mercados permanecem voláteis em meio a uma bateria de medidas socioeconômicas de combate ao Covid-19.

Às 10:29, o Ibovespa subia 8,96%, a 69.262,77 pontos.

Na véspera, o Ibovespa à vista caiu mais de 5%, ampliando a perda em 2020 para 45%.

Na visão da equipe da XP Investimentos, o viés positivo no exterior encontra respaldo no discurso otimista do presidente dos EUA, Donald Trump, além de sinal de consenso em importantes tópicos do pacote de estímulos no Senado norte-americano.

Trump afirmou na segunda-feira à noite que não permitirá que o coronavírus cause danos de longa duração à economia dos EUA, e que vai considerar como proceder após o término do isolamento de 15 dias na semana que vem. "A América vai estar nova e brevemente aberta para os negócios."

Também nos EUA, o secretário do Tesouro e o líder democrata no Senado expressaram confiança na véspera de que um acordo será alcançado em breve sobre um pacote de estímulo econômico de longo alcance contra o coronavírus.

Analistas da Guide Investimentos destacaram que medidas de estímulo nas economias centrais corroboram o apetite pelo risco, mas que investidores também estão avaliando novos níveis de preços do mercado.

No exterior, o futuro do norte-americano S&P 500 avançava 5%, enquanto, em Londres, o FTSE 100 tinha elevação de mais de %. Os preços do petróleo também mostravam valorização no mercado internacional.

As ações das companhias aéreas Gol e Azul figuravam entre as maiores altas do Ibovespa, após perdas expressivas recentes, tendo de pano de fundo novas medidas em resposta aos efeitos da pandemia, incluindo redução relevante na oferta de voos.