PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Coronavírus faz companhia aérea criar voo mais curto da América do Norte

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

18/05/2020 14h55

O coronavírus forçou uma companhia aérea francesa a bater o recorde de voo comercial mais longo da história, mas também tem contribuído para que empresas façam voos bem mais curtos que o padrão.

Segundo a CNN Travel, nos Estados Unidos, companhias estão introduzindo rotas temporárias mais curtas para se qualificar a receber o auxílio do governo e, assim, manter intactas suas conexões tradicionais, essenciais para o funcionamento das empresas.

Com isso, o mais o voo doméstico mais curto da América do Norte entrou em serviço — a American Airlines fará um voo de 48 quilômetros pelo estado do Colorado, entre Eagle-Vail e Aspen.

A viagem, programada para 1º de junho, custará US $ 251 (cerca de R$ 1.432) e durará 35 minutos.

A companhia informou à CNN norte-americana que o voo do Aeroporto do Condado de Eagle (EGE) para o Aeroporto do Condado de Aspen-Pitkin (ASE) faz parte de um amplo voo, cheio de conexões, entre Fort Worth - Eagle - Aspen - Montrose.