PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

CORREÇÃO-Bancos pressionam e Ibovespa fecha em queda

26/05/2020 17h33

(Corrige no 1º parágrafo para "leve queda", em lugar de "leve alta")

Por Peter Frontini

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa registrou leve queda nesta terça-feira, com o recuo de ações de bancos reduzindo o movimento positivo do índice, que foi sustentado pelo otimismo em mercados internacionais.

O índice encerrou em baixa de 0,23%, a 85.468,91 pontos, depois de chegar a superar 87 mil pontos mais cedo com alta de quase 2%. O volume financeiro somou 29,65 bilhões de reais.

O movimento positivo foi endossado pelo otimismo de investidores internacionais com a reabertura da economia nos Estados Unidos e na Europa, além da perspectiva de uma vacina contra Covid-19, conforme novas vacinas experimentais estão sendo testadas em humanos.

Em Wall Street, o bom humor impulsionou os índices, com o S&P 500 subindo 1,23% e o Dow Jones ganhando 2,2%.

No cenário doméstico, as tensões políticas continuaram no radar, apesar de terem sido amenizadas pela falta de elementos que intensifiquem a instabilidade em Brasília no vídeo da reunião ministerial de 22 de abril.

Durante a tarde, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez um pronunciamento pedindo "pacificação dos espíritos" e defendendo a harmonia entre os Poderes e a preservação da democracia.

"Entretanto, ainda é preciso ter cautela, uma vez que o Brasil tende a ser o novo epicentro do Covid-19 nos próximos meses, o que pode gerar instabilidade no campo político e maior retração da atividade econômica", afirmou Pedro Paulo Silveira, economista-chefe da Nova Futura Investimentos em nota.

Também nesta terça-feira, pesquisa da Reuters apontou que o Ibovespa deve encerrar 2020 a 89.700 pontos. No cenário mais provável, o índice vai encerrar este ano com uma queda de 22,4% sobre o final de 2019. Apenas três meses atrás, o mercado esperava por uma valorização de 16,7% em 2020.

DESTAQUES

- MAGAZINE LUIZA ON saltou 6,75%, com executivos da empresa afirmando que esperam receitas e as margens subindo à medida que reabre gradualmente suas mais de mil lojas físicas fechadas devido à pandemia do coronavírus. VIA VAREJO ON subiu 3,2% e B2W ON disparou 9,2%.

- BRADESCO PN caiu 4,3% e ITAÚ UNIBANCO PN recuou 4%. Os papéis dos bancos, que exercem forte peso sobre o Ibovespa, ajudaram a mitigar a alta do índice, após acumularem alta de quase 15% e 10%, respectivamente, nas últimas quatro sessões.

- VALE ON perdeu 1,8%, também pressionando negativamente o Ibovespa. O preço do minério de ferro caiu na bolsa de commodities de Dalian, após dados mostraram aumento nos embarques de grandes mineradoras para o país na semana passada, o que aliviou preocupações sobre a oferta da matéria-prima.

- HYPERA ON subiu 7%. Uma investigação de um comitê independente da empresa encontrou 110,55 milhões de reais em pagamentos indevidos que serão ressarcidos pelo empresário João Alves de Queiroz Filho, o que retirou incertezas que pairavam sobre a companhia.

- PETROBRAS ON e PETROBRAS PN subiram cerca de 1% cada, refletindo o desempenho positivo dos contratos futuros de petróleo.

- No setor aéreo, AZUL PN recuou 3,85% e GOL PN caiu 2,5%. A Latam Airlines anunciou nesta terça-feira que entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos, mas as operações do grupo no Brasil, Argentina e Paraguai não estão incluídas no pedido.