PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Empresas de viagens levam índice acionário europeu a fechamento mais forte em 11 semanas

26/05/2020 13h57

Por Sruthi Shankar

(Reuters) - O mercado acionário europeu fechou em uma máxima de 11 semanas nesta terça-feira, com as ações de viagens e lazer subindo em meio a esperanças de uma retomada no turismo já que os países reabrem gradualmente após meses de paralisações.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,89%, a 1.359 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,08%, a 349 pontos, em seu maior nível para fechamento desde 9 de março.

O prejudicado setor de viagens da Europa saltou 6,9% após notícias de que Espanha e Alemanha aliviarão as restrições de viagens, enquanto nenhum aumento notável de infecções foi relatado após o alívio dos bloqueios.

A proprietária da British Airways, IAG, saltou 22,5%, enquanto a operadora de baixo custo easyJet ganhou 19% e as ações listadas no Reino Unido do grupo de viagens TUI dispararam 52% .

A Lufthansa, da Alemanha, ampliou os ganhos depois que o governo concedeu à companhia aérea uma linha de apoio de 9 bilhões de euros na segunda-feira.

O britânico FTSE 100 voltou de feriado com alta de 1,2% depois que o primeiro-britânico, Boris Johnson, disse que o país vai reabrir milhares de lojas de rua, lojas de departamento e centros comerciais no próximo mês.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,24%, a 6.067 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,00%, a 11.504 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,46%, a 4.606 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,50%, a 17.860 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 2,15%, a 7.003 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,52%, a 4.299 pontos.

Cotações