PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

FMI vê reversão nos fluxos de saída de capital de mercados emergentes

28/05/2020 12h50

WASHINGTON (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou nesta quinta-feira que estima que as economias emergentes levantaram cerca de 77 bilhões de dólares em dívidas em abril e maio, revertendo parcialmente as massivas saídas de capital de 100 bilhões de dólares vistas após o surto de coronavírus.

A diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, disse em uma conferência da ONU que o Fundo forneceu 22 bilhões de dólares em financiamento de emergência a 60 dos 103 países que pediram ajuda, além de disponibilizar subsídios para cobrir os pagamentos do serviço da dívida a 27 de seus membros mais pobres por seis meses.

O enviado especial da União Africana, Tidjane Thiam, disse à conferência que uma iniciativa de alívio da dívida do Grupo dos 20 para os países mais pobres até o final do ano foi um bom começo, mas que é necessária uma paralisação mais longa, de dois anos, no pagamento da dívida.

(Por Andrea Shalal)

Economia