PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

BCE deveria analisar formulação de meta de inflação, diz Villeroy

25/09/2020 08h50

PARIS (Reuters) - O Banco Central Europeu deveria avaliar a forma como sua meta de inflação é formulada na revisão de sua estrutura de política monetária, disse o membro do BCE François Villeroy de Galhau nesta sexta-feira.

O BCE atualmente se esforça para direcionar a inflação no médio prazo a uma taxa "abaixo, mas próxima de 2%", mas não a alcança há anos, apesar das injeções massivas de estímulo monetário na economia para elevar os preços.

Villeroy, que também é presidente do banco central francês, disse que a meta é "simétrica" no sentido de que não é um teto -- como às vezes é percebida -- e que o BCE poderia tolerar exceder esse nível por algum tempo sem apertar a política monetária.

"O Conselho reafirma frequentemente seu compromisso com a simetria", disse Villeroy em um discurso online para o Fórum Oficial de Instituições Monetárias e Financeiras. "No entanto, devemos examinar se a formulação atual lança dúvidas sobre isso", acrescentou.

Com a inflação ainda presa abaixo da meta do BCE, Villeroy negou "conversas fiadas" de que estava ficando sem munição e disse não deve haver dúvidas sobre sua determinação e capacidade de agir mais. "Se necessário, o BCE tem amplo espaço de manobra", disse ele.