PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cotações

Ações europeias resistem a tendência global e fecham em queda

07/10/2020 13h46

Por Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias caíram nesta quarta-feira, sem conseguir acompanhar a recuperação das ações globais após uma liquidação em meio a dúvidas sobre o estímulo fiscal nos Estados Unidos, com as ações blue-chip liderando as perdas.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,11%, a 1.414 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,12%, a 365 pontos, quebrando uma série de ganhos de quatro sessões.

As ações blue-chip perderam 0,3%.

O setor de saúde foi o maior peso para o índice de referência, com as ações de telecomunicações, mídia e empresas imobiliárias também caindo.

Os mercados asiáticos e as ações de Wall Street se recuperaram fortemente das perdas desencadeadas pela fala do presidente dos EUA, Donald Trump, que suspendeu as negociações de um pacote de auxílio do coronavírus para até depois da eleição norte-americana.

Mais tarde, porém, Trump pediu ao Congresso para que forneça cheques emergenciais de 1.200 dólares para os norte-americanos e outro tipo de auxílio para companhias aéreas e pequenas empresas.

"Você pode ver isso em parte como uma tática de negociação", disse Craig Erlam, analista de mercado sênior da Oanda. "Você cancela as negociações agora na esperança de que os democratas cedam um pouco de terreno. Mas estou cético de que conseguiremos um acordo antes da eleição."

O 'benchmark' atingiu uma máxima em duas semanas no início desta semana após notícias de progresso na saúde de Trump depois que ele testou positivo para a Covid-19, embora as negociações tenham estado agitadas em meio a incertezas sobre a eleição de novembro.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,06%, a 5.946 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,17%, a 12.928 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,28%, a 4.882 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,03%, a 19.435 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,38%, a 6.910 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,10%, a 4.179 pontos.

Cotações