PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Cotações

Ações europeias caem com preocupação de que 2ª onda de coronavírus desacelere a recuperação

12/11/2020 14h56

Por Sagarika Jaisinghani e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias recuaram das máximas de oito meses nesta quinta-feira, com o aumento das infecções em decorrência do coronavírus levantando dúvidas sobre uma recuperação econômica mais rápida e ofuscando vários balanços trimestrais positivos.

O índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,8%, invertendo a trajetória depois de ter ganho, até o momento, 12,5% no mês.

O índice de bancos liderou as quedas entre segmentos após sua melhor sequência de três dias de ganhos desde a crise financeira global de 2009, enquanto as ações de viagens caíram 0,6% após terem subido no início da semana na esperança de uma vacina eficaz contra a Covid-19.

As ações financeiras foram o maior obstáculo ao STOXX 600.

"Os mercados estão reavaliando os dados... (a disponibilidade em massa de uma vacina) pode levar meses, enquanto o ressurgimento da segunda/terceira onda na Europa e nos Estados Unidos está afetando o número de hospitalizações e invocando a reimposição de lockdowns", disseram analistas do Mizuho Bank.

Na quarta-feira, a França ultrapassou a Rússia como o país mais afetado da Europa, enquanto a Itália ultrapassou a marca de 1 milhão de infecções e tornou-se, em termos globais, um dos 10 países mais afetados.

. Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,68%, a 6.338 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,24%, a 13.052 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,52%, a 5.362 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,83%, a 20.817 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,87%, a 7.726 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,59%, a 4.370 pontos.

Cotações