PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Wall St cai após bater recordes com incerteza sobre estímulos adicionais

29/12/2020 18h06

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos fecharam em leve queda nesta terça-feira de volatilidade, depois de baterem máximas recordes, com investidores preocupados com os rumos da reabertura econômica e se o Senado autorizará cheques adicionais para ajudar norte-americanos a enfrentar os impactos financeiros da pandemia.

Ganhos modestos no começo do dia levaram os índices de ações a máximas históricas intradiárias, mas as altas evaporaram depois que o líder da maioria no Senado dos EUA, Mitch McConnell, bloqueou a consideração imediata nesta terça-feira da medida que prevê aumento de 600 dólares para 2 mil dólares nos valores dos cheques.

A aprovação final da proposta exigiria 60 votos e o apoio de vários republicanos.

McConnell disse que o Senado tratará do aumento dos pagamentos nesta semana e também de regulamentações para grandes empresas de tecnologia e a integridade das eleições.

O comentário de McConnell foi feito um dia depois que a Câmara dos Deputados, de maioria democrata, aprovou a medida para aumentar o valor dos pagamentos diretos.

"O plano que foi originalmente sancionado já estava nos preços", disse Joseph Sroka, diretor de investimentos da NovaPoint, em Atlanta.

O índice Dow Jones caiu 0,22%, a 30.336 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,222736%, a 3.727 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,38%, a 12.850 pontos.

O S&P 500 sobe 15,4% em 2020, que ainda tem mais dois pregões pela frente. O volume deverá ser baixo, o que pode elevar a volatilidade.