PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

SP caminha para primeira queda na média semanal de mortes por Covid em dois meses

23/04/2021 13h44

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - O Estado de São Paulo caminha para a primeira queda na média de mortes diárias por Covid-19 em dois meses na semana epidemiológica que se encerra no sábado, mostraram dados da Secretaria de Saúde paulista nesta sexta-feira.

Até a quinta-feira, a 16ª semana epidemiológica do ano, iniciada no domingo e que termina no sábado, o Estado registrou, em média, 621 mortes por dia, uma queda de 23,6% se comparado com a média de 813 mortes por dia na semana anterior.

A última semana em que houve queda na média diária de mortes em relação à semana anterior foi a sétima semana epidemiológica, entre os dias 14 e 20 de fevereiro.

"Por dois meses é a primeira vez que nós temos uma redução concomitante dos três índices: casos, internações e óbitos", disse o secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

"É importante lembrar que nós já vínhamos apresentando uma queda há quatro semanas das internações. É a nossa primeira vez, neste período, com a queda de óbitos", acrescentou.

Também de acordo com os dados da secretaria, a ocupação nos leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) está em 81,1%, depois de chegar a 92,3% no início deste mês.

A queda na média diária de mortes acontece em um momento em que o governo do Estado flexibiliza as medidas de restrição para conter a disseminação do coronavírus.

A partir de sábado, restaurantes, salões de beleza e barbearia e atividades culturais poderão voltar a atender presencialmente com 25% da capacidade das 11h às 19h, enquanto as academias de ginástica poderão funcionar com a mesma capacidade durante oito horas, desde que no período entre 6h e 19h. Parques estaduais e municipais também reabrirão e funcionarão das 6h às 18h.