PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Bolsonaro diz que servidores públicos podem ter reajustes no ano que vem

7.dez.2021 - O presidente Jair Bolsonaro (PL), durante evento no Palácio do Planalto - Adriano Machado/Reuters
7.dez.2021 - O presidente Jair Bolsonaro (PL), durante evento no Palácio do Planalto Imagem: Adriano Machado/Reuters

Ricardo Brito

19/01/2022 19h47

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que há a possibilidade de que servidores públicos federais sejam contemplados com um reajuste salarial no próximo ano.

Em entrevista ao programa Pingo nos Is, da Jovem Pan, Bolsonaro disse que os servidores merecem reajuste, mas reconheceu que não existe uma folga no Orçamento da União no corrente ano.

O presidente afirmou que pode fazer justiça com três categorias do funcionalismo e não com os demais. Ele se referiu ao fato de que há uma "grita geral" por ter reservado um reajuste para servidores da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e do Departamento Penintenciário Nacional (Depen).

"Fica aquela velha pergunta a todos: vamos salvar três categorias ou vai todo mundo sofrer no corrente ano? O tempo vai dizer como a gente vai decidir. Não quero que a gente cometa injustiça com servidor publico", disse.

"Reconhecemos trabalho, a defasagem, a inflação veio pesada. Mas foi preço alto da pandemia... reconheço o trabalho dos servidores, merecem reajuste, não tem folga no Orçamento para o corrente ano. Conversei para o próximo ano, bastante longe, por ocasião da feitura do mesmo tem reajuste merecido", emendou ele.

Mesmo após os recentes protestos de servidores e ameaças de greve, o ministro da Economia, Paulo Guedes, mantém a defesa de que não seja concedido reajuste salarial a nenhuma categoria do funcionalismo, nem mesmo a profissionais da segurança pública, informaram à Reuters fontes que participam de reuniões na pasta.