PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Ações da China fecham em baixa com pressão de setores financeiro e imobiliário

14/02/2022 07h33

XANGAI (Reuters) - O mercado acionário da China fechou em baixa nesta segunda-feira, pressionado pelas empresas dos setores financeiro e imobiliário, depois que o banco central disse que não usará o ramo imobiliário como um método de curto prazo para estimular a economia.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,08%, enquanto o índice de Xangai teve baixa de 0,98%.

O Banco do Povo da China vai atender às demandas razoáveis de financiamento da economia real ao mesmo tempo em que evita recorrer a um forte estímulo, disse o banco central do país em seu relatório de implementação do quarto trimestre.

O banco central também disse que vai conter riscos financeiros sistêmicos e não usará o setor imobiliário como um método de curto prazo para estimular a economia, o que provocou queda de 3,8% das incorporadoras.

As ações do setor financeiro perderam 3,2%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,23%, a 27.079 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,41%, a 24.556 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,98%, a 3.428 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,08%, a 4.551 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,57%, a 2.704 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,71%, a 17.997 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,23%, a 3.421 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,37%, a 7.243 pontos.