IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Cemig está confiante sobre novos desinvestimentos no médio prazo, diz diretor

16/08/2022 16h09

SÃO PAULO (Reuters) - A Cemig está confiante de que poderá divulgar novos desinvestimentos no médio prazo, disse nesta terça-feira o diretor de finanças da elétrica, Leonardo Magalhães.

Sem comentar nenhuma oportunidade específica, o executivo disse que os próximos desinvestimentos da empresa tendem a ser mais "complexos".

"Já conseguimos fazer vários desinvestimentos, como a Renova, a questão da Light, continuamos com o processo... Sabemos que são processos complexos, envolvem muitos recursos", disse, durante teleconferência para comentar os resultados trimestrais.

Questionado especificamente sobre a venda de sua fatia na transmissora Taesa, o diretor de participações, Marco Soligo, disse que a companhia mantém seu interesse no processo.

"Estamos conversando com as partes interessadas concernentes, e assim que algo relevante ocorrer, vocês serão informados", respondeu, sem entrar em detalhes.

Além da Taesa, a Cemig já indicou sua vontade de se desfazer das participações na Santo Antônio Energia (concessionária da hidrelétrica Santo Antônio) e Norte Energia (concessionária de Belo Monte).

Ainda durante a teleconferência, Magalhães disse que a Cemig tem "todo interesse" em renovar as concessões das usinas hidrelétricas Emborcação, Nova Ponte e São Simão, que vencem nos próximos anos.

"São usinas que representam uma parcela importante da nossa geração... Estamos estudando o assunto... Temos grupo de trabalho interno que está discutindo alternativas, o melhor desenho para que essas usinas possam ser renovadas."

(Por Letícia Fucuchima)