IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Resposta forte do BCE é necessária para o próximo semestre, diz Kazimir

19/12/2022 09h15

(Reuters) - As perspectivas de inflação exigem que o Banco Central Europeu continue com sua forte resposta de política monetária, e as taxas de juros precisarão entrar em território "restritivo" e permanecer lá por mais tempo, disse nesta segunda-feira o membro do BCE Peter Kazimir.

"A determinação de continuar resolutamente terá que ser mantida pelo menos durante todo o próximo semestre", disse Kazimir, que é presidente do banco central da Eslováquia e membro do Conselho do BCE, em uma declaração por email.

"Eu até acho que, para domar a inflação, não só será necessário levar (os juros) para a zona restritiva, mas será necessário permanecer lá por muito mais tempo."

Território "restritivo" é jargão para um nível de juros que faz a economia desacelerar.

O BCE aumentou os juros que paga sobre os depósitos bancários em 0,50 ponto percentual, para 2%, na última quinta-feira, uma desaceleração no ritmo de aperto depois de aumentos de 0,75 ponto em cada uma das duas reuniões anteriores.

No entanto, o banco enfatizou que ainda haverá aperto significativo e traçou planos para drenar dinheiro do sistema financeiro como parte de seu combate à inflação.

(Reportagem de Robert Muller e Jason Hovet em Praga)