IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Minério de ferro recua com maior preocupação sobre demanda da China

13/04/2023 08h37

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro caíram nesta quinta-feira, com o pessimismo sobre a demanda por aço na China prevalecendo, mesmo com os traders monitorando um forte ciclone que pode interromper os embarques da Austrália, importante fornecedora do ingrediente siderúrgico.

O enfraquecimento dos preços do aço na China indicou uma demanda fraca em um momento em que a atividade de construção no maior consumidor de minério de ferro está se recuperando. O aumento dos riscos de recessão também obscureceu as perspectivas para as exportações chinesas de aço, disseram analistas.

O plano da China, ainda não confirmado, de limitar sua produção anual de aço bruto, em meio à busca para conter a especulação do preço do minério de ferro, também tem sido um empecilho para o mercado.

A China deve divulgar um plano em que limita a produção das siderúrgicas domésticas aos níveis de 2022, informou a Bloomberg nesta quinta-feira.

O minério de ferro mais negociado para setembro na Dalian Commodity Exchange da China encerrou as negociações diurnas com queda de 3,1%, a 769 iuanes (111,89 dólares) a tonelada.

Na Bolsa de Cingapura, o contrato de referência do minério de ferro para maio caiu 2,3% para 115,55 dólares a tonelada.

"O minério de ferro está enfrentando pressão do controle de preços e os riscos políticos continuam a aumentar", disseram analistas da Sinosteel Futures em nota.

Enquanto isso, Port Hedland, na região noroeste da Austrália, se preparava na quinta-feira para o Ilsa, ciclone tropical mais poderoso da região em uma década, com potencial para interromper o fornecimento e dar suporte aos preços do minério de ferro.

Port Hedland é o maior ponto de exportação de minério de ferro do mundo.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)