IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Enauta bate recorde de produção diária de 32 mil barris de óleo equivalente

20/04/2023 08h18

Por Marta Nogueira e Alberto Alerigi

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A petroleira brasileira Enauta registrou na véspera um recorde de produção diária de 32 mil barris de óleo equivalente em seus ativos, diante de avanços operacionais disse à Reuters nesta quinta-feira o presidente da companhia, Décio Oddone.

O volume, que superou o recorde diário anterior atingido em agosto de 2021, de 30,8 mil barris de óleo equivalente, considera os campos de Atlanta, na Bacia de Santos, e de Manati, na Bacia de Camamu.

"A gente tem trabalhado muito para aumentar a produção e a confiabilidade de Atlanta", disse Oddone, em uma conversa por videoconferência, pontuando que a empresa comprou equipamentos que deverão permitir que os poços do sistema antecipado de Atlanta sofram menos paradas para manutenção.

O impulso para o recorde veio de Atlanta, que iniciou no mês passado a produção de um novo poço, elevando o potencial do campo, e com o retorno à operação do poço 7-ATL-2HP-RJS, que havia sido paralisado.

"Nesta semana, após a retomada do poço 7-ATL-2HP-RJS, Atlanta voltou a operar com três poços conectados ao FPSO Petrojarl I, superando a marca de 25 mil barris de óleo por dia, o que possibilitou um aumento de aproximadamente 200% na produção diária do campo em relação ao mês de março de 2023", disse a empresa em nota.

Atualmente, segundo a Enauta, o Sistema de Produção Antecipada do campo de Atlanta opera próximo à sua capacidade máxima de produção, que é de 30 mil barris de óleo por dia.