Conteúdo publicado há 9 meses

Por seca, hidrelétrica Santo Antônio interrompe operações no rio Madeira

A usina hidrelétrica Santo Antônio teve suas operações excepcionalmente interrompidas em função dos baixos níveis de vazão no rio Madeira, que se encontraram atualmente aproximadamente 50% abaixo da média histórica, informou nesta segunda-feira a concessionária que opera o empreendimento.

Segundo o comunicado, a medida está alinhada com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e visa atender os limites operativos das unidades geradoras da usina, que estipulam parâmetros mínimos para operação segura dos equipamentos.

Uma das maiores hidrelétricas do país, Santo Antônio possui 3.568 megawatts (MW) de potência e é controlada pela Eletrobras.

"Embora a usina tenha relevante importância para o sistema elétrico, no período de baixas vazões no rio Madeira opera com geração reduzida, podendo ser paralisada, caso os limites operativos das unidades geradoras sejam atingidos", diz o comunicado.

A concessionária Santo Antônio Energia disse ainda que o rio Madeira permanecerá seguindo seu curso natural, com passagem da vazão concentrada no vertedouro principal da usina, e que as receitas dos contratos de venda não serão impactadas durante este período de restrição hídrica.

Deixe seu comentário

Só para assinantes