Dow Jones sobe para o maior fechamento do ano em encerramento de "mês excepcional"

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - O índice Dow Jones fechou em seu nível mais alto desde janeiro de 2022, com os operadores cruzando a linha de chegada de um mês excepcional para as ações e considerando os dados de arrefecimento da inflação como um prenúncio de flexibilização da política monetária do Federal Reserve.

O Dow teve o melhor desempenho, com um sólido impulso da Salesforce na esteira de seu relatório de lucros que superou as expectativas, enquanto o S&P 500 fechou modestamente positivo e o Nasdaq encerrou no território negativo, empurrado pela Nvidia.

Ainda assim, o S&P 500 e o Nasdaq registraram seu maior ganho percentual mensal desde julho de 2022. Novembro foi o melhor mês de ganhos percentuais do Dow desde outubro de 2022.

"Estamos colocando a cereja em cima do bolo de um mês excepcional", disse Ryan Detrick, estrategista-chefe de mercados do Carson Group, em Omaha. "É um bom lembrete para os operadores de como todos estavam preocupados há um mês, e acabamos de terminar um dos melhores meses da história para as ações."

Entre os indicadores divulgados nesta quinta-feira, o índice de preços PCE, do Departamento de Comércio, mostrou que a inflação está esfriando, como esperado, juntamente com os gastos do consumidor. Os dados, que são observados de perto, reforçaram as expectativas de que o Fed concluiu seu ciclo de aumento das taxas.

O pontapé inicial de grande parte da força deste mês foi a percepção de que a inflação está voltando rapidamente à terra. Vimos isso novamente hoje, com os dados do núcleo do PCE sugerindo que a inflação não é mais um grande obstáculo", acrescentou Detrick.

Os mercados financeiros precificaram uma probabilidade de 95,8% de que o banco central deixará sua taxa básica de juros do Fed em 5,25%-5,50% na reunião de dezembro.

"É provável que não haja aumentos nas taxas tão cedo. O próximo passo provavelmente será um corte, provavelmente em meados do próximo ano", disse Detrick. "A queda dos rendimentos (do Treasury) neste mês é a maneira de o mercado de títulos dizer que acha que o Fed já terminou de aumentar as taxas."

Continua após a publicidade

O índice Dow Jones subiu 520,47 pontos, ou 1,47%, para 35.950,89, enquanto o S&P 500 ganhou 17,22 pontos, ou 0,38%, para 4.567,8, e o Nasdaq Composite caiu 32,27 pontos, ou 0,23%, para 14.226,22.

(Reportagem de Stephen Culp; reportagem adicional de Shristi Achar A e Amruta Khandekar, em Bengaluru)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes