Bolsas

Câmbio

Bolsas de NY sentem peso de balanços negativos e fecham em queda

A balança pendeu nesta quinta-feira para baixo em um dia no qual resultados corporativos piores que o esperado pesaram mais na gangorra dos índices em Wall Street.Após ajustes, o Dow Jones fechou em queda de 0,11%, a 20.919,42 pontos. O S&P 500 caiu 0,22%, a 2.394,44 pontos. O Nasdaq cedeu 0,22%, a 6.115,96 pontos.


Apesar dos recuos, os índices ainda permanecem próximos às máximas. Ontem, o S&P 500 e a Nasdaq fecharam em novos topos históricos.


A varejista Macy's deflagrou o mau humor generalizado que atingiu o setor ao divulgar lucros, receitas e revisão de metas no primeiro trimestre muito aquém do projetado. As ações do grupo despencaram mais de 17% e tragaram papéis de outras redes, como Nordstrom e Khol's, que perderam mais de 7% cada.


O setor de consumo discricionário, do qual fazem parte as ações de grandes redes de lojas, recuaram 0,53%, empatados com os papéis de instituições financeiras nas maiores quedas do índice. Parte do recuo desta quinta-feira é atribuída por analistas a uma realização de lucros, após os recentes recordes das bolsas.


No Dow Jones, basicamente dois terços dos componentes terminaram no negativo. As maiores quedas ficaram com os papéis de Microsoft, Home Depot e American Express de, respectivamente, 1,23%, 1,22% e 0,93%.


As ações da Snap, empresa que desenvolveu o aplicativo de mensagens Snapchat, mergulharam 21,50%. Ontem, após o fechamento do mercado, a empresa, que realizou recentemente sua abertura de capital, divulgou os resultados do trimestre passado e revelou enfrentar dificuldades para ampliar sua base de usuários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos