Governo cria grupo de comunicação para defender reforma trabalhista

O governo criou um grupo de trabalho para elaborar e coordenar uma estratégia de comunicação para a reforma trabalhista. A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União" (DOU) desta sexta-feira.


Caberá ao grupo elaborar material informativo, divulgar estudos e pesquisas referentes à reforma trabalhista e realizar seminários, palestras e cursos "de forma a destacar os efeitos esperados" das mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).


Segundo a Casa Civil, o grupo é necessário por causa da "relevância para a sociedade brasileira e a importância do esclarecimento de diversos segmentos sociais quanto ao tema, especialmente, dos trabalhadores, do setor produtivo, dos servidores e dos empregados públicos".


O grupo tem dez membros entre representantes da Casa Civil, secretaria de Governo, dos Ministérios do Trabalho, Planejamento e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, além de dois Tribunais Regionais do Trabalho (3ª e 9ª regiões) e da Câmara dos Deputados.


A coordenação do grupo está a cargo de Paulo Roberto Morais Félix, assessor da subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos