Bolsas

Câmbio

Belo Monte amplia capacidade e já é a terceira maior usina do país

A Norte Energia, empresa responsável pela construção e operação da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará, recebeu nesta semana autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o início da geração comercial da sexta turbina da casa de força principal da usina. Com isso, Belo Monte passa a ocupar a posição de terceira maior usina do país.


De acordo com a Norte Energia, com o início de operação da sexta unidade geradora de Belo Monte, de 611,1 megawatts (MW), a capacidade instalada atual da hidrelétrica alcançou 3,9 mil MW, superando a usina de Jirau, no rio Madeira (RO), de 3,75 mil MW, e ficando atrás apenas de Tucuruí (PA), de 8,37 mil MW, e Itaipu, na fronteira com o Paraguai, de 14 mil MW.


Quando estiver concluída, Belo Monte terá 11,233 mil MW de capacidade, dos quais 11 mil MW provenientes da casa de força principal e 233,1 MW da casa de força complementar, em Pimental.


Segundo a Norte Energia, Belo Monte produzirá energia suficiente para atender 60 milhões de pessoas. A maior parte da energia de Belo Monte (70%) já foi comercializada em 2010, por meio de leilão, para 17 Estados brasileiros. O restante está disponível para o mercado livre e para empresas autoprodutoras acionistas do empreendimento.


A Norte Energia é formada por Eletronorte (19,98%), Eletrobras (15%), Chesf (15%), Petros (10%), Funcef (10%), Neoenergia (10%), Amazônia (joint venture entre Cemig e Light, com 9,77%), Aliança Norte Energia (9%), Sinobras (1%) e J. Malucelli Energia (0,25%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos