Procuradoria denuncia Jucá em processo sobre fraudes no Carf

(Atualizada às 19h) A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou o senador Romero Jucá (PMDB-RR) ao Supremo Tribunal Federal (STF).


A peça foi encaminhada na última sexta-feira e acusa o senador de participação no esquema de fraudes no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), investigado pela Operação Zelotes.


O caso, em segredo de Justiça, está sob a relatoria do ministro do STF Ricardo Lewandowski. Se o juiz acolher a denúncia oferecida, Jucá se tornará réu.


Além do senador, que é líder do PMDB, outras pessoas foram denunciadas pela PGR. Os nomes, entretanto, ainda estão sob sigilo.


Outro lado


Jucá procurou desqualificar a denúncia oferecida pelo procurador e classificou a decisão como um "ato de despedida" de Janot.


"Estou muito tranquilo quanto a qualquer denúncia. Encaro isso como um ato de despedida do procurador-geral. Quem fala sobre essas questões é o meu advogado", disse Jucá em referência à saída de Janot do cargo em 17 de setembro. "Não tenho nenhum temor, tenho toda tranquilidade do mundo. Espero que o Supremo analise as questões porque vai ver que não há motivo para isso", completou o senador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos