Fachin decide esperar julgamento antes de encaminhar denúncia à Câmara

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu esperar o resultado de um julgamento previsto para a próxima quarta-feira antes de encaminhar a denúncia contra o presidente Michel Temer à Câmara dos Deputados.


Ontem, a Corte adiou a decisão sobre uma questão de ordem protocolada pela defesa de Temer que buscava impedir a apresentação da denúncia antes que esteja concluído o procedimento de revisão das delações do grupo J&F.


Em um despacho assinado na noite desta quinta-feira, Fachin afirma que o único procedimento que cabe a ele, neste momento, é o encaminhamento à Câmara - que precisa, por maioria de plenário, autorizar que o STF julgue o presidente.


"Mesmo assim, em homenagem à colegialidade e à segurança jurídica, emerge razoável e recomendável aguardar o julgamento da citada questão de ordem, previsto para o dia 20 de setembro próximo", escreveu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos