PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Bolsa cai com balanços, Fed e agenda de reformas; dólar ronda R$ 3,27

31/10/2017 12h28

O Ibovespa abriu a sessão no campo positivo, mas mudou de rumo ainda na primeira hora de negócios e opera agora em baixa. O clima de cautela em relação ao ambiente internacional e ao cenário doméstico ainda limita o apetite dos investidores. Às 11h25, o Ibovespa perdia 0,45%, marcando 74.477 pontos. No câmbio, o dólar estava cotado a R$ 3,2681, recuo de 0,45%.


Segundo profissionais, o mercado opera sob expectativa pela definição do sucessor de Janet Yellen no Federal Reserve (Fed, banco central americano). O nome considerado hoje mais provável é o de Jerome Powell, que representaria a continuidade de uma política mais gradual. Ainda assim, até que essa escolha seja confirmada, o mercado global deve manter-se em compasso de espera, influenciando os mercados emergentes.


Mas há elementos no Brasil impondo cautela também. Segundo profissionais, o mercado se ressente de um certo "hiato temporário do governo" no encaminhamento da agenda de reformas.


Além disso, embora os balanços de empresas estejam mostrando recuperação na maioria dos casos, o mercado pode ter superestimado alguns resultados, ou mesmo antecipado esses desempenhos mais fortes, o que justifica uma correção dos preços das ações.