Bolsas

Câmbio

Temer recebe alta médica e parte para Brasília

(Atualizada às 10h44) O presidente Michel Temer (PMDB) recebeu alta médica na manhã desta segunda-feira e recomendação para manter uma agenda "um pouco mais leve" nos próximos dias. O "mais leve", conforme o médico Roberto Kalil Filho, que o operou, significa "não viajar pra lá e pra cá nesta semana".


Kalil disse que esta foi a única recomendação dada a Temer hoje, além das que precisam ser seguidas por qualquer pessoa: "Recomendação médica: tomar medicação, fazer exercício, dieta. O que todo ser humano precisa fazer."


Temer, de 77 anos, estava internado desde sexta-feira no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele se submeteu a um procedimento cirúrgico para desobstruir artérias coronárias. A operação foi bem sucedida, segundo os médicos que a realizaram.


No procedimento, os médicos implantaram "stents" em duas artérias que estavam parcialmente obstruídas por placas de gordura. A peça serve, um pequeno tubo, serve para manter a artéria dilatada e permitir o fluxo regular do sangue.


Numa terceira artéria de Temer, os médicos fizeram um alargamento, mas sem a colocação de "stent".


A assessoria do presidente e do hospital haviam programado uma aparição de Temer, o que não ocorreu. Ele foi para o aeroporto de Congonhas rumo a Brasília.O presidente não tem agenda oficial para hoje.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos