Bolsas

Câmbio

CCR volta a ser destaque negativo no Ibovespa

As ações da CCR voltam a ser destaque negativo na manhã desta terça-feira (27), ainda sob efeito da citação da companhia no âmbito da operação Lava-Jato. A ação chegou a iniciar os negócios em leve alta, mas logo inverteu o sinal. Por volta das 11h20, recuava 1,37%, a segunda maior baixa do Ibovespa, após a Estácio (-2,21%). O principal índice da B3, por sua vez, registrava leve alta de 0,17%, para 87.800 pontos.


Segundo gestores, a onda vendedora da ação era liderada ontem (26) por fundos estrangeiros, que por questões de "compliance" não podem manter ações de companhias sob qualquer tipo de investigação em suas carteiras. Trata-se de um papel que vinha sendo comprado também por fundos locais mas, por ora, o fluxo vendedor entre esses agentes não parecia relevante.


De todo modo, instituições já estão alterando suas recomendações. É o caso de Itaú BBA, que substituiu ontem o papel da carteira Top 5 por Ambev.


A CCR ON fechou o pregão de ontem em baixa de 10%, o que provocou uma perda de valor de mercado equivalente a R$ 4,62 bilhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos