PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Trabalhadores da Mercedes-Benz encerram greve após acordo

24/05/2018 12h58

Os trabalhadores da fábrica da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo (SP) aprovaram acordo coletivo na manhã desta quinta-feira e encerraram greve iniciada em 14 de maio. Logo após a assembleia, os operários do primeiro turno retornaram ao trabalho.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a proposta aprovada garante reposição integral da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), aumento real de 1,5%, mais abono de R$ 2,5 mil e participação nos lucros e resultados (PLR) paga em duas parcelas, em junho e dezembro.

O acordo, com validade de dois anos, também prevê a renovação das cláusulas sociais, e uma correção no valor da PLR para 2019. A empresa abrirá um plano de demissão voluntária (PDV) aos mensalistas, sem redução de jornada e salário.

As negociações entre sindicato e empresa foram retomadas na tarde de quarta-feira. Com a aprovação da proposta, fica cancelada audiência no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, marcada para sexta. A montadora tinha ingressado com pedido de dissídio coletivo na terça-feira.

"A mobilização dos trabalhadores demonstrou à direção da empresa o quanto estávamos unidos e fortes. Com certeza, foi o que nos permitiu avançar na proposta e garantir um acordo que contemplasse a reivindicação dos companheiros", destacou o secretário-geral do Sindicato e trabalhador na Mercedes-Benz, Aroaldo Oliveira da Silva, em nota.