PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Monitor da FGV aponta alta de 0,3% no PIB do segundo trimestre

20/08/2018 08h36

A atividade econômica brasileira cresceu 0,3% no segundo trimestre, comparada à do primeiro trimestre, feito o ajuste sazonal, de acordo com o Monitor do PIB da Fundação Getulio Vargas (FGV). É a sexta alta consecutiva na séria dessazonalizada.

Para junho, o Monitor aponta crescimento de 3,3% no PIB, ante maio, quando caiu 2,6%, dado atualizado de uma queda inicialmente estimada de 1,5%, ante abril.

Na comparação com os mesmos períodos do ano passado, a atividade econômica cresceu 1,2% no segundo trimestre e 2,4% em junho. Em 12 meses, o PIB avançou 1,5%.

"O crescimento de 0,3% do PIB no segundo trimestre indica que os impactos negativos da greve dos caminhoneiros em maio foram, em grande parte, revertidos em junho", afirma o economista Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV, em nota.

No lado da oferta, no segundo trimestre ante o primeiro, houve queda na indústria (-0,9%), com destaque para a transformação (-1,1%). Agropecuária (+0,7%) e serviços (+0,4%) cresceram. Comércio e transportes, que são segmentos dos serviços, caíram 0,2% e 2,2%, respectivamente. Serviços de informação, financeiros, imobiliários e de utilidade pública cresceram no segundo trimestre ante o primeiro.

No lado da demanda, o destaque foi o consumo do governo, que aumentou 1% no período. A demanda das famílias cresceu 0,2%. A formação bruta de capital fixo - medida do que se investe na economia - caiu 1,5%.

Por fim, as exportações caíram 5,4% no período de abril a junho deste ano, contra janeiro a março, enquanto as importações recuaram 2,4%.

O Monitor da FGV tem o intuito de estimar mensalmente o Produto Interno Bruto (PIB) usando metodologia semelhante à do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgará o dado oficial do segundo trimestre no próximo dia 31 de agosto.