PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Todos a Bordo


Previsto para 2014 e envolvido em denúncia contra PT, aeroporto será aberto

Aeroporto Catarina é o primeiro da iniciativa privada voltado exclusivamente à aviação executiva - Divulgação
Aeroporto Catarina é o primeiro da iniciativa privada voltado exclusivamente à aviação executiva Imagem: Divulgação

Vinícius Casagrande

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • São Paulo Catarina Aeroporto Executivo, em São Roque (SP) será inaugurado nesta segunda-feira
  • Projeto estava previsto para funcionar na Copa do Mundo de 2014
  • Obra foi citada em acusações contra o ex-governador de MG Fernando Pimentel (PT)
  • Empresa responsável por construção, JHSF, e político negam irregularidades

O primeiro aeroporto privado do país voltado à aviação executiva será inaugurado nesta segunda-feira (16). O São Paulo Catarina Aeroporto Executivo fica na cidade de São Roque, a cerca de 70 quilômetros do centro da capital paulista. Construído pela JHSF, o terminal executivo recebeu autorização da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para exploração comercial e abertura ao tráfego aéreo público no último dia 2.

A inauguração nesta segunda-feira ocorre com mais de cinco anos de atraso do previsto inicialmente. O aeroporto foi planejado para estar em funcionamento já na Copa do Mundo realizada no Brasil em 2014.

Além dos atrasos, o aeroporto está envolvido nas acusações contra o ex-governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT), que foi condenado em primeira instância a 10 anos e 6 meses de prisão, por prática de tráfico de influência no período em que foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior para que o grupo empresarial JHSF pudesse operar o aeroporto. Pimentel é acusado de receber R$ 4,255 milhões para favorecer a JHSF. O ex-governador tem negado as acusações.

A JHSF afirmou que não é parte neste processo e que não foi apresentada qualquer denúncia contra a companhia. "Em 2017, o controlador da empresa celebrou um acordo de colaboração com as autoridades brasileiras, já homologado pelo Superior Tribunal de Justiça, para esclarecimento dos fato. José Auriemo Neto firmou acordo com o Ministério Público, homologado pelo Superior Tribunal de Justiça e pela Justiça Eleitoral de Minas Gerais, que estabelece suspensão condicional do processo mediante pagamento de R$ 1 milhão para o hospital do câncer de Barretos e colaboração de Auriemo mediante solicitação do Ministerio Públicos", afirmou a empresa, em nota.

Aeroporto terá pista de 2,5 quilômetros

O novo aeroporto terá capacidade para receber os maiores jatos executivos do mundo, como o Embraer Lineage 1000, Gulfstream G650 e G550, Bombardier Global 6000 e o Dassault Falcon 8X. A pista de pouso e decolagem terá 2.470 metros de comprimento por 45 metros de largura. É maior do que a de grandes aeroportos, como o de Congonhas (1.940 metros de comprimento).

O terminal terá funcionamento 24 horas por dia, com controle de tráfego aéreo próprio e operação por instrumentos de precisão. Com essas características, o aeroporto poderá ter voos sem escala para destinos nos Estados Unidos e Europa, como Nova York (EUA), Londres (Reino Unido) ou Paris (França).

Além da pista para os aviões, o aeroporto também terá um heliponto. Com isso, os passageiros poderão chegar até o terminal de helicóptero e evitar o trânsito de São Paulo e mais de 50 quilômetros de estrada. Segundo o empreendimento, são apenas 14 minutos de helicóptero a partir de São Paulo.

O novo terminal de aviação executiva conta com infraestrutura de apoio aos passageiros e tripulantes, com equipamentos para inspeção de bagagens, pessoas e documentos.

O novo aeroporto executivo poderá ser uma alternativa no futuro caso se confirme a intenção do governo do estado de São Paulo e da prefeitura da capital paulista de fechar o aeroporto do Campo de Marte para operações de aviões. O governador João Dória (PSDB) já declarou diversas vezes que trabalha para isso, mas ainda não há uma data prevista.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Vi?deos mostram a luta de pilotos em pousos e arremetidas com vento forte

UOL Notícias

Todos a Bordo